Colunas & Artigos

Opinião

Como se preparar financeiramente para o ano de 2024

 
 
 
 

 

 

1. Planejamento Financeiro:

O primeiro passo para uma saúde financeira robusta é o planejamento. Isso envolve levantar suas receitas (todas as entradas de dinheiro) e despesas (todos os gastos fixos e variáveis). A ideia é alcançar um saldo positivo, ou seja, suas receitas devem superar suas despesas. Se isso não ocorrer, é necessário revisar seus gastos para encontrar áreas de corte ou buscar formas de aumentar a receita. Esse trabalho é maçante, mas é necessário, de nada adianta se falar de investir se não há o que investir. O planejamento financeiro vale para qualquer tipo de indivíduo. Como diria Warren Buffett, o maior investidor do mundo, “não economize o que sobra depois de gastar, mas gaste o que sobra depois de economizar”.

2. Descobrir seu Perfil de Investidor:

Após o planejamento é preciso entender o perfil de seu investidor: qual sua capacidade de correr risco, sua idade, possui filhos, tem outras fontes de renda, seu conhecimento sobre o mercado, horizonte de investimento, objetivos e tolerância a volatilidade. Com perguntas como essa o seu perfil de investidor vai ser traçado: conservador, moderado ou agressivo. Isso é definido com base na sua tolerância ao risco, objetivos financeiros e horizonte de investimento.

3. Planejamento Patrimonial:

Com seu perfil de investidor definido, o próximo passo é realizar um planejamento patrimonial, na Hike Capital temos um sistema pronto para isso. Isso inclui definir objetivos de curto, médio e longo prazo e escolher os investimentos adequados para cada um desses objetivos. O importante nessa etapa é entender comportamento do dinheiro ao longo do tempo.

4. Investir:

Agora é hora de aplicar o plano em ação. Aqui o ponto é entender que “existe vida após o investimento”, ou seja, depois de alocar é necessário focar no ponto 5.

5. Gestão:

O último passo é acompanhar seus investimentos. Isso não significa apenas olhar para os retornos, mas também revisar, ajustar sua carteira periodicamente e ter sua volatilidade mapeada. Mudanças no mercado, em suas finanças pessoais ou em seus objetivos podem exigir ajustes em seus investimentos. Na Hike monitoramos consistentemente a carteira dos clientes. Este processo é um ciclo contínuo de revisão e ajuste, fundamental para manter suas finanças alinhadas com seus objetivos e necessidades ao longo do tempo.

Jonas Carvalho - CEO da Hike Capital

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Fonte: Jonas Carvalho - CEO da Hike Capital

Mais de Colunas & Artigos